Airhelp para o Público: Pandemia nao justifica todos os atrasose cancelamentos de voos, diz tribunal

 

O Foi publicada uma notícia no Público, Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa deu razão a uma passageira que pediu uma indenização à companhia aérea por um voo cancelado por causa da pandemia da Covid-19. A Airhelp, empresa que presta assistência a passageiros, tem ganho casos em Portugal de passageiros cujos voos não foram realizados por falta de procura e atrasos provocados por medidas de segurança durante a pandemia da Covid-19. A decisão do juiz não tem direito a recurso, uma vez que a ação não atinge o valor necessário para tal. No entanto, o juiz vincou que as companhias aéreas deviam ter adotado novos procedimentos para garantir a realização dos voos, quando possível. De acordo com a Airhelp, mais de 20 mil voos foram afetados em Portugal por atrasos e cancelamentos durante a pandemia da Covid-19.

Ler a história completa aquí

We use cookies

Usamos cookies en nuestro sitio web. Algunas de ellas son esenciales para el funcionamiento del sitio, mientras que otras nos ayudan a mejorar el sitio web y también la experiencia del usuario (cookies de rastreo). Puedes decidir por ti mismo si quieres permitir el uso de las cookies. Ten en cuenta que si las rechazas, puede que no puedas usar todas las funcionalidades del sitio web.