Mais de três milhões e meio de passageiros sofreram atrasos nos aeroportos portugueses este verão

 

AirHelp, a organização mundial de defesa dos passageiros aéreos, analisou os voos de verão em Portugal e concluiu que apenas 62% partiram a horas, com mais de 3,5 milhões de passageiros a sofrerem perturbações. Embora tenha havido mais passageiros em 2023 do que em 2022 e 2019, a taxa de perturbações manteve-se elevada, com 38%.

Por outro lado, a Eurowings foi a companhia aérea mais pontual, seguida da Jet2.com e da Iberia, enquanto a TAP Portugal teve 42% de voos interrompidos.

A organização partilhou ainda que o Aeroporto Francisco Sá Carneiro (Porto) teve os melhores resultados, com apenas 27% de voos interrompidos.

Leia o comunicado de imprensa aqui.

Search

We use cookies

We use cookies on our website. Some of them are essential for the operation of the site, while others help us to improve this site and the user experience (tracking cookies). You can decide for yourself whether you want to allow cookies or not. Please note that if you reject them, you may not be able to use all the functionalities of the site.